Passos atuais.

Postado por N. , domingo, 30 de maio de 2010 17:26

Oi,
sei que a algum tempo não estamos andando tão bem quanto antes. O que eu não entendo é: por quê era mais fácil caminhar junto quando ainda descobríamos os nossos passos? Talvez eu, talvez você, prestasse mais atenção, tivesse mais cuidado, não pisávamos no sapato novo, que hoje está surrado.
Lembro quando ainda nos dávamos ao luxo de correr, sentindo voar, a sorrir. Hoje, como tartarugas, nos atropelamos devagar. Em cada pisada a dor. Não é minha intenção, nem sua, penso, fazer doer tanto. E andamos cegas, sem enxergar da outra o pranto.
Eu queria te dizer, que reconheço as pegadas fora do lugar. Mas que, por enquanto, não sei como as aprumar. E também não posso, não consigo, parar de andar. Procuro desesperadamente algo à minha frente, que teima em não chegar.
É minha fraqueza, é minha qualidade, que disfarço com algumas grosserias. Sem aquele velho cortejo, por não ter mais aquela tanta força.

Bem, eu não sei no que não vai dar.

3 Response to "Passos atuais."

marco..^^ Says:

Tinha que ter um sapato no meio...
tsc tsc tsc

Natália Says:

o segredo é sempre andar...
o que faz o tango ser belo é a quantidade de vezes que pismos no sapato do parceiro...

wtf Says:

lindo! escreve mt bem ;)

Postar um comentário

Como diria a minha avó : "Diz!"